logotipo bonecas quebradas teatro

BONECAS QUEBRADAS

OUVIR MÚSICA

SINOPSE

A ideia do projeto nasceu de um desejo de investigar a imagem da Boneca Quebrada, como nos devaneios mais infantis, por meio de um processo colaborativo de construção de cena e de dramaturgia guiado por três estímulos principais: os conceitos “cuerpo roto” e de “cuerpo sin duelo”, desenvolvidos por Ileana Diéguez (México-Cuba), a Isla de las Muñecas, na cidade do México, e os objects-trouvés de Tadeusz Kantor, com os quais as bonecas quebradas da ilha de Xochitlmilco parecem dialogar.

A proposta artística parte de um entendimento da teatralidade performática e política, da qual o gesto e o movimento participam de forma essencial para a criação de uma dramaturgia de processo. Assim, partindo de um desejo de ouvir a espectralidade que atravessa as bonecas quebradas da isla de las muñecas mexicana, a patologia que nelas grita, a equipe de criação foi ao México, em fevereiro de 2015, para aprofundamento da pesquisa que fundamenta a construção do espetáculo. A partir disso, os rumos do projeto começaram a se delinear melhor e a delimitar uma história assustadora: desde a década de 1990, 2.000 mulheres foram assassinadas e 4.000 desapareceram em Ciudad Juarez, na fronteira com El Paso, no Texas. Uma trama que entrelaça feminicídio, capitalismo transnacional e conservadorismo machista na fronteira com o maior consumidor de drogas do mundo: os EUA.

Tecida entre o poético e o documental, com momentos de alusão ao oratório típico dos coros gregos, a dramaturgia lança uma luz sobre a história dos assassinatos em Juarez e sobre a continuidade desses crimes até os dias de hoje: as jovens assassinadas são peças de uma grande e perversa engrenagem. De mão de obra barata, convertem-se em objeto de prazer sádico e de disputa de poder entre narcotraficantes e empresários locais. A impunidade conta com a cumplicidade de uma polícia e de um governo corruptos, que apresentam culpados de fachadas, numa tentativa de mascarar a identidade dos verdadeiros assassinos e de inscrever tais crimes na ordem da chamada “violência doméstica”.

O feminicídio em Cuidad Juarez é de outra natureza, ainda mais cruel, mais perversa, mais monstruosa e, por isso mesmo, exemplar.

© 2017 - Bonecas Quebradas Teatro.

Web designer: Raissa Araújo

FALE CONOSCO

NOS ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS

  • Facebook Bonecas Quebradas
  • @bonecasquebradas
  • Canal YouTube - Bonecas Quebradas